sábado, 23 de janeiro de 2010

Arte de Amar - Manuel Bandeira

Assunto:
SONHO ANTIGO...
Data:
23/Jan 17:08
SONHO DE ADOLESCENTE - ENCONTRAR O GRANDE AMOR...SIM, POIS MEU AMOR SÓ PODERÁ SER IMENSO, LUMINOSO, INCANDESCENTE, ETERNO...OLHOS PERDIDOS NO MAR...QUANDO O VIR EU SABEREI, SERÁ MAIS BRILHANTE O SOL... RÁPIDO BATERÁ O CORAÇÃO... O MUNDO SERÁ SÓ ELE,....ELE É MEU E EU SOU DELE...E NOSSA A ETERNIDADE... HOJE O MAR CONTINUA CANTANDO A MESMA CANÇÃO...DIFERENTES SÃO MEUS OLHOS QUANDO O MIRAM...O SONHO NÃO SE CUMPRIU.ACREDITEI MUITAS VEZES, E EM CADA AMOR QUE VIVI MIL VEZES O PROCUREI...ACABEI SEMPRE PERDENDO, MAS ESQUECER NUNCA ESQUECI.JÁ NÃO BRILHAM OS MEUS OLHOS COMO OUTRORA...PASSO A PASSO A VIDA PASSOU POR MIM. AQUI ESTOU, MAR, ME APRESENTO, NÃO COBRANDO NEM CHORANDO...CABEÇA ERGUIDA AO CÉU. MAIS UMA VEZ ÉS O MEU CONFIDENTE, POIS EM TI ESTÁ A MENINA QUE, TE OLHANDO, ALTO SONHOU.EMPRESTA-MA, ESTOU PRECISANDO QUE VOLTE A HABITAR EM MIM...RIA O MUNDO, SE QUISER, RESGATO O MEU SONHO ANTIGO E VOU VIVÊ-LO OUTRA VEZ!...EM ANEXO UM BEIJO!
.
Distribuído por Moranguinho Pereira (hi5)
.
.
ARTE DE AMAR
.
.
Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus — ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.
.
.
Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.
.
.
Porque os corpos se entendem, mas as almas não.
.
.
MANUEL BANDEIRA
.
.

Sem comentários: